Pesquisar neste blogue

terça-feira, dezembro 27, 2005

sentindo na tristeza

às vezes entristeço-me por um qualquer motivo
outras vezes sem motivo algum, apenas absorto
vindo de dentro de mim, porque sou ser vivo
ou pelos males deste mundo com defeito e torto

e vem a tristeza de uma palavra ou de um gesto
dos que têm um amor mas desconfiam continuamente
ou dos que têm um relógio e correm desalmadamente
quando há tanto que fazer e não se pára para ler, nem rir
nem ouvir música, nem brincar, nem mesmo para sentir

e assim, neste deserto de alma, um sentimento é bem-vindo
até um entusiasmo, uma melancolia ou uma paixão
qualquer sentimento, quer fique chorando ou rindo
qualquer coisa é boa, até uma simples e fugaz emoção

e assim ao sentir algo sinto uma alegria
e sentindo, sinto a vida nova e revitalizada
porque triste, triste mesmo, é não sentir nada.

Ele
2005-12-27

1 comentário:

  1. Lindo! Meu Amigo!
    A voz da alma nas palavras de um sentimento.
    Ah g'anda Poeta que tu és!!!!!!!

    ResponderEliminar